Como dizem Zezé di Camargo e Luciano: a gente sabe que depois que cresce o filho vira passarinho e quer voar. Por isso resolvemos trazer para nossos queridos “filhos” do espanhol uma sessão só com dicas de viagens. E aí, Que Tal Viajar? E a primeira dica de viagem dessa sessão vai ser a, já amada pelos brasileiros, cidade de Buenos Aires!

A capital argentina é um dos principais destinos internacionais para nós brasileiros, chegando lá a gente esquece até da rivalidade com os hermanos. Tudo isso tem explicação: a cidade é cheia do que fazer e ver. E pensando, claro, na sua felicidade a gente quer te ajudar a chegar lá livre do portunhol e bem preparado para aproveitar a viagem!

Sem mais delongas, vamos lá: Como se chega?

Avião:

Aqui de Recife saem 3 voos por semana, sem escala, com uma duração aproximada de 5h35min operado pelas companhias Gol e Latam. Além desses tem voos com escala, saindo de Recife, operados pela Azul, Avianca Brazil, Turkish Airlines, Latam e outras – aí meu amigo é pra mais de 7h de viagem, viu? –.

Ônibus:

Mas e se o coleguinha não gosta muito de voar? Dá pra chegar de ônibus também. Viu só como os nossos vizinhos são acessíveis? Bota a mochila nas costas e sai de casa porque você pode pegar um ônibus no Terminal Integrado de Passageiros – TIP, aqui em Recife, com destino a São Paulo pelas empresas Gontijo, Catedral ou Itapemirim e de lá pegar algum dos ônibus das empresas Crucero Del Norte ou JBL Turismo.

E tu vai dormir onde?

Acredite, numa cidade tão acostumada ao turismo como Buenos Aires, não vai faltar lugar para você deitar quando bater aquele banzo. E partindo do princípio que não está fácil para ninguém indicamos que você procure locais para hospedagem no Microcentro, bairro central de Buenos Aires, que tem várias opções de transporte e bons preços em diária. Agora se você não se importar em gastar uns “golpinhos” a mais tem o Recoleta, um dos bairros mais nobres, que está entre os favoritos dos turistas pela sua beleza e agitação. Tem ainda Palermo, conhecido pela vida noturna badalada e pelas várias lojas, ideal para quem viaja com uma mala extra só pra trazer uns mimos internacionais.

Agora, se você é do tipo que gosta de viajar e se sentir como um morador local dá para recorrer às hospedagens alternativas no Airbnb, ou no Booking. Basta você decidir o que se adequa melhor ao tipo de viagem que você quer fazer! Claro que ter um serviço de quarto é tudo na vida da pessoa, principalmente quando se está na correria de uma viagem, mas viajar e continuar com a sensação de estar em casa também não é má ideia, hein?

Já tô hospedado, e agora vou pra onde?

Um sapatinho confortável e você estará pronto para conhecer a cidade, digo isso porque muitos dos passeios são recomendáveis de serem feitos a pé. Um local muito frequentado pelos turistas é a Casa Rosada, sede da presidência, que se encontra próximo a Plaza de Mayo conhecida pelos inúmeros protestos que são feitos por lá, principalmente o protesto das Mães da Plaza de Mayo que até hoje protestam contra a falta de informação do paradeiro de seus filhos que sumiram durante a ditadura. Lá perto você ainda consegue chegar andando na Catedral Metropolitana, então pode separar um dia para ver esses três pontos, ok?

 

A gente pode até ter a maior avenida em linha reta, mas é em Buenos Aires que fica a avenida mais larga do mundo, coincidência? Chega por lá que é um ponto de parada na certa! E se tu acha que a escultura de Brennand, no Marco Zero, é grande espera só ver o Obelisco que fica no cruzamento de uma das principais avenidas.

Obelisco Buenos Aires
Obelisco, erguido na Praça da República, no cruzamento das avenidas Corrientes e 9 de Julio.

Tem ainda o Teatro Colón, um dos mais luxuosos da cidade e a feira de San Telmo (realizada tradicionalmente aos domingos) famosa por ter uma grande variedade de antiguidades. E a gente sabe que nem só de andar vive o ser humano né? Então se quiser unir turismo com as famosas comprinhas dê uma passada nas Galerias Pacífico, mas vá com tempo, pois a arquitetura do lugar é de tirar o fôlego.

 

Com tanto lugar para ir, tanta coisa pra ver, como eu vou me organizar? Calma que eu tenho uma dica extra para você: baixe o aplicativo ‘Google Trip’, desenvolvido pela Google, coloque as informações da sua viagem e vá salvando os pontos que você quer conhecer, ao final o aplicativo monta vários roteiros separando os locais de acordo com a proximidade entre eles e ainda separar os passeios por dia, bem prático né?

Ainda tem mais, pra te ajudar a organizar bonitinha a sua viagem o pessoal do Quanto Custa Viajar disponibiliza uma calculadora pra você ter uma noção de quanto vai precisar economizar no miaeiro pra fazer a viagem, dá uma olhada nesse link: https://quantocustaviajar.com/argentina/buenos-aires.

Mas e o dinheiro, bufunfa, cascalho, ‘faz-me rir’ usado em Buenos Aires? A moeda usada na Argentina é o Peso. O recomendado é que você leve o Real para trocar por lá mesmo. Até o fechamento desse post o Peso Argentino estava cotado em R$0,20, em Recife.

Vai de avião, vai de ônibus ou até no cavalinho upa-upa do Gugu, mas vai, visse!

Já te ensinei a chegar, pra onde ir e o que fazer, agora eu vou te ensinar a se livrar do portunhol: preenche nosso formulário de pré-inscrição e a equipe do Que Tal vai entrar em contato com você agendando uma aula experimental.

Fonte: https://guia.melhoresdestinos.com.br/buenos-aires-86-c.html 
Fonte: https://www.tripadvisor.com.br/Tourism-g312741-Buenos_Aires_Capital_Federal_District-Vacations.html

4 comentários em “#QueTalViajar: Buenos Aires

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s