Teu crush só te dá gelo? Leva pra derreter lá em San Pedro de Atacama, no Chile, o lugar mais seco do mundo.

Resultado de imagem para risada gif

O vilarejo, localizado no norte do país é o principal ponto de partida para quem quer explorar o Deserto do Atacama. O povoado fica a 2.450 metros de altitude e a cerca de 100km de distância de Calama, onde está localizado o aeroporto mais próximo.

Pra chegar até San Pedro o ideal é que você pegue um voo em Santiago com destino a Calama e de lá opte por um dos transfers que mencionei anteriormente. No percurso entre Calama e San Pedro você pode pegar uma van, a viagem entre as duas cidades dura cerca de 1h10. Várias empresas que oferecem o serviço de transporte entre as duas cidades, como a Transvip, Licancabur Transfer, Transfer Andino, Transfer Pampa, entre outras. Em algumas é possível pegar desconto se você comprar ida e volta, toda economia é bem vinda, certo?

Você deve estar se perguntando “mas por que eu iria querer viajar pra um deserto?” ou até mesmo “pra que vou passar calor lá, se eu já passo na minha cidade?”. Talvez você não saiba que San Pedro, atualmente, está cada vez mais em evidência para os viajantes e que é capaz de te surpreender com uns dos cenários mais incríveis e diversificados, incluindo vulcões, montanhas, formações rochosas peculiares, lagoas salgadas, lagos coloridos, flamingos, salares e locais tão áridos e sem vida que te fazem achar que está em outro planeta.

Vale lembrar que nem só de calor escaldante se faz um bom deserto, as noites na região são extremamente frias e podem chegar a temperaturas negativas. Então vale a pena colocar umas roupinhas de frio na mala antes de sair de casa, quem avisa amigo é…

Imagem relacionada

As melhores estações para visitar a cidade é no Outono e na Primavera, assim você consegue desfrutar de um deserto mais agradável, com temperaturas mais amenas e até equilibradas, variando entre 6ºC e 20ºC.

Em relação a alimentação você não vai conseguir economizar muito, por lá são os pratos bem caros podendo variar de R$30,00 a R$80,00 no almoço e chegar até a R$91,00 no jantar. Já a hospedagem… O preço fica dentro da média, variando entre os tipos de acomodação pousada, albergue, hotel e claro, o Airbnb. Mas não se preocupem que abaixo tem dicas boas pra economizar aquela grana na viagem.

E o que danado tem pra fazer por lá?

Um ponto interessante é que mesmo com a intensa atividade no turismo, o pequeno povoado não se entrega às modernidades e continua preservando suas ruas de terra e casinhas rústicas erguidas com adobe (barro socado), como faziam os primeiros atacamenhos que viveram naquela região. E, embora o ambiente seja rústico, a vila tem bastante estrutura para seu tamanho. Alguns dos melhores hotéis do Chile estão lá e San Pedro está cheio de bons restaurantes. Se você andar pela Calle Caracoles, rua pequena e rústica no centro da cidade, vai encontrar uma grande diversidade de bares, restaurantes e lojinhas de artesanato local.

Imagem relacionada
Calle Caracoles, foto Adventure Weekend

É fã de esportes radicais? Imagina praticar sandboarding nas dunas do deserto? E o melhor de tudo: dá pra você fazer isso gastando pouco. Isso porque você não precisa pagar um passeio específico pra fazer isso, dá pra alugar uma bike ali pelas lojinhas da cidade mesmo, alugar a prancha e sair pra se aventurar, com toda segurança é claro!

Resultado de imagem para sandboard san pedro de atacama
Imagem produzida por Guto Okamoto em seu canal no youtube

Outra experiência incrível que você pode ter durante a viagem é visitar o Valle de la Luna. Localizado a menos de 16 km da cidade, as grandes formações rochosas marrons formam um contraste mágica com o azul do céu em dias ensolarados. E o legal desse passeio é que dá pra fazer por conta própria ou através da agências locais. Se optar por fechar o passeio com agência você visita o Valle de la Muerte, lugar aonde a umidade do ar é zero, a Piedra del Coyote local com uma vista incrível, Cavernas de Sal, Três Marias e Duna Mayor. Mas é possível também alugar uma bike e ir pedalando até lá. Essa última opção vai te dar mais liberdade pra ficar quanto tempo quiser em cada lugar, e não é tão pesado assim. Se você reservar uma tarde inteira vai conseguir dar conta do passeio e ainda aproveitar o incrível pôr do sol!

Resultado de imagem para valle de la luna
Valle de la Luna, imagem retirada do Google
File:Piedra-coyote-rgj-01.jpg
Piedra del Coyote

Quer saber se o amor da sua vida tá escrito nas estrelas? Vá visitar o San Pedro de Atacama Celestial Explorations (SPACE), observatório público mais bem equipado da América do Sul. O local tem cerca de dez telescópios em funcionamento, e o melhor, você pode manusear sem problemas. O tour para o local é feito todos os dias, exceto em noites de lua cheia e quando as condições climáticas não forem favoráveis. Dá pra levar ainda aparelhos eletrônicos pra fazer aquele fotão! Em San Pedro fica ainda o Atacama Large Millimeter Array (ALMA), maior observatório espacial do mundo. A visita a ele é gratuita, inclusive com o transporte, mas é preciso reservar com antecedência.

Já deu pra perceber o porque de Atacama estar ganhando tanto a atenção dos apaixonados por viagens, né?

E não para por ai não, lá ainda tem o Vulcão Lascar, que possui mais de 5.592m de altura até o seu cume. E o mais interessante é que ele ainda está ativo. Suas duas últimas erupções foram em 1993 e em 2006. Ainda hoje, de sua cratera, é expelida uma coluna de fumaça que pode ser vista desde San Pedro que se encontra a 155Km de distância.

Mas nem só de pedra, calor, areia e vulcão é feito o Atacama. Não dá pra voltar de lá sem visitar As Lagunas Escondidas, compostas por 7 lagoas salgadas. Mas tomem cuidado com a empolgação, pois só se pode entrar na primeira e na última lagoa, as demais possuem minerais tóxicos. Essas lagoas surgiram da perfuração para encontrar lítio, daí se transformaram em atrativo turístico. Cada laguna tem características únicas, algumas são verdes, celestes, marrons, profundas e rasas. As cores se alteram conforme o tempo e há quem diga que muitas refletem o ambiente ao seu redor.

Uma das Lagunas Escondidas, foto Adventure Weekend

Tem ainda a visita aos Gêiseres del Tatio, nascente termal que entra em erupção periodicamente, lançando uma coluna de água quente e vapor de ar. É um dos passeios mais procurados em San Pedro e pra fazê-lo você tem que ter muita disposição, o tour sai às 5h00 da manhã pra chegar ao local dos gêiseres antes do sol nascer, que é o momento em que eles borbulham à toda! Ai depois de ver os gêiseres você vai a um lugar com águas termais, entrar numa piscina naturalmente aquecida no meio daquela friaca, hein? E no final você visita a Vila Machuca, onde pode provar um espetinho de lhama.

Imagem relacionada

Agora papo sério: lembrem-se que se trata de um local com temperaturas bem altas durante o dia, combinadas com um clima seco e muita areia, então nunca é demais seguir o conselho da rainha dos baixinhos: Resultado de imagem para que calor xuxa

Agora você não vai querer se arriscar num lugar desses mandando um portunhol não é mesmo? Por isso que nós temos cursos voltados para viagens e com o tanto de variação linguística que tem nesse país, acredite em mim: você vai precisar! Preenche esse nosso formulário aqui e a equipe do Que Tal vai entrar em contato com você agendando uma aula experimental.

Tem alguma dúvida? Dica? Deixa aqui nos comentários!

Um comentário em “#QueTalViajar: San Pedro de Atacama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s