Que tal muchachos y muchachas do #QTAE?

Espero que tenham tido um ótimo feriadão pelo Dia da Independência do Brasil, e que agora estejam prontos para nossa segunda parte da educação no Peru. No texto anterior fiz sobre a “Educación Inicial” ou “Jardim”, e o dia de hoje será a “Educación Primaria” ou como conhecem aqui no Brasil: o Ensino Fundamental.

Resultado de imagem para educación primaria en peru
Imagem de crianças de “Primer grado de primaria”

A “Educación Primaria” é o segundo nível na educação e são 6 anos os quais levamos, e grande parte dos alunos entram nas idades de 6 a 12 anos. Para passar de ano, trabalhamos num sistema de vigésimas para nossa avaliação (quer dizer que 10 no Brasil equivale a 20 no Perú) e aprovar Gramática, Matemática, Ciências como básico. Levando em consideração a avaliação, a nota mínima para passar de ano é 11, porém algumas escolas particulares aumentaram para 12.

Como falei anteriormente são 6 anos os quais levamos para nosso Ensino Fundamental, os quais são chamados dos seguintes modos:

Primer grado de primaria

Segundo grado de primaria

Tercer grado de primaria

Cuarto grado de primaria

Quinto grado de primaria

Sexto grado de primaria

Resultado de imagem para educación primaria en peru
Niñas en clase (crianças na sala de aula)

No ano de 2014 no Perú 93,2% das crianças que se encontram nas idades de poder cursar a Educação Primaria o conseguem, porém, mesmo tendo esta quantidade tão grande, ainda tem um 1,2% de crianças entre os 6 e 11 anos de idade que se encontram fora do sistema educativo. Como falei no texto anterior, a educação é gratuita em “Colegios Estatales” e todos podem se inscrever normalmente, porém aquele 1,2% é originaria das crianças andinas, aqueles de língua materna amazônica, e algumas cidades onde ainda se tem o quéchua (língua dos incas) como ensino de idioma, que acredito que deveria ter mais interesse do estado, para assim não perdermos a essência do nosso país.

Mesmo tendo porcentagens grandes sobre a universalização da “Educación Primaria”, temos crianças que mesmo indo para a escola, não apresentam um interesse grande por aprender.  O maior problema que atinge o país nesse aspecto é o baixo nível de interpretação de texto e raciocínio matemático. De acordo com a avaliação censal de estudantes – ECE, no ano de 2007, somente 15,9% das crianças de segundo grado de primaria tiveram um nível suficiente na interpretação de texto, enquanto nas matemáticas, somente foi de 7,2%. Para o ano de 2013 mudaram um pouco as cifras, e foi de 33% na interpretação de texto e 16,8% nas matemáticas. Estas porcentagens não foram muito elevadas, levando em consideração outros países, continua sendo muito baixo.

Resultado de imagem para educación primaria en peru
Criança da parte andina na escola

A porcentagem de crianças que terminam a “Educación Primaria” aumentou muito durante os anos de 2003 e 2013. Mudou a porcentagem de culminação do ensino fundamental de 67,7% a 80,3%. Mesmo assim, ainda temos uma brecha muito grande entre as áreas urbanas e rurais, tanto na “Educación inicial y primaria”, na área urbana 87,4% das crianças terminaram a primaria entre os 12 e 13 anos, já na área rural o 65,8% o termina nesta idade. Os estados como maior desistência da “Educación Primaria” foram Ucayali 6,5%, seguindo Loreto com 3,3%, por causas familiares e de trabalho.

No ano de 2006, durante o governo do presidente Alejandro Toledo, ocorreu m aumento na remuneração dos professores, isto foi feito para melhorar a qualidade do trabalho dos professores e melhorar o sistema educativo.

Não temos um dia específico para o dia da “Educación Primaria” como na “Educación Inicial”, porém temos o dia da “Educación” que é feito o dia 01 de abril que também é comemorado em outros países.

Resultado de imagem para educación primaria en peru
Crianças de Primaria prontas para o festival de educação física

Espero que com este texto fique um pouco mais entendível a educação no Peru, sabemos que sempre se terá problemas na educação, já seja pela estrutura ou por professores, pelas áreas urbanas e rurais, entre outros, porém espero e sempre continuem aumentando as cifras de crianças culminando o ensino fundamental e médio, para assim termos um país melhor.

Comigo é até aqui, e não percam próxima semana o Ensino Médio (Educación Secundaria) onde falarei sobre aspectos pessoais que vivenciei nesta parte da minha educação, que as vezes é um pouco diferente aos dos Brasil, um forte abraço a todos y hasta la próxima semana!

Não esqueçam de se inscrever e comentar nas redes sociais, ou se tem alguma idéia de texto para poder fazer, algum tema em particular, un fuerte abrazo a todos(as).

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s