Que tal muchachos y muchachas do #QTAE?!

Chegamos a nosso último texto do mês em relação a educação no Peru, espero que tenham curtido agora que já sabem mais sobre como é a educação lá, hoje vamos ver a “Educación Superior” (Universidad) ou faculdade como o chamam aqui, veremos alguns aspetos, detalhes e estrutura de como é cursado lá no meu país, então vamos lá:

Imagem relacionada
Entra da UNMS

Bom, para poder entender melhor esta parte, dividiremos em “Educación Profesional Técnica” e “Educación Universitaria”, lembrando que as duas podem ser feitas depois dos estudos secundários.

  • Educación Profesional Técnica:

Graus:

A formação profissional técnica se organiza em três graus de formação que são definidas dependendo das funções que irão se desenvolver depois de terminar o curso, seja de acordo com as variáveis organizativas e tecnológicas. Neste sentido, os graus de formação tem de concordar com os distintos níveis qualificativos do setor produtivo do país.

Grado Médio

Estra grau é pós-secundario (terminando a secundaria) e se oferecem em “Institutos de Educación Superior Tecnológico”. Tem uma duração entre 1500 e 2500 horas. E entregam o título de “Técnico”. Neste grau, o formado organiza o trabalho e atividades da sua equipe, resolve situações no processo de produção, aplicando conhecimentos mais adequados, deve seguir as especificações predeterminadas na execução global do processo, sendo autônomo em aspetos técnicos da sua área.

Grado Elemental

Este não precisa de requisitos acadêmicos (colégio). O grado Elemental é oferecido em colégios com variante técnica (C.V.T.), e nos centros técnicos produtivos (CETPRO). Tem uma duração variável entre 300 e 1500 horas. Oferecem a certificação mencionando a opção vocacional estudada. Esta modalidade desenvolve competências ocupacionais na execução de atividades operativas próprias do processo produtivo e com instruções predeterminadas. O nível de responsabilidade técnica foca-se em realizas ações corretivas correspondentes e informar os problemas técnicos que apresentam estas.

Familias Profesionales

Chama-se Família Profesional ao conjunto de profissões que compartem uma coluna comum de conhecimentos, tecnologia e recursos utilizados na realização do processo produtivo ou da prestação de um serviço, isto é, cada Família Profesional no seu interior tem um conjunto de títulos profissionais e certificações, a seguir irei desenhar um quadro para melhor apreciação:

N.º Familia profesional Sector económico
Familia 1 Administración y comercio SERVICIOS
Familia 2 Actividades agrarias AGRICULTURA
Familia 3 Actividades marítimo-pesqueras
Familia 4 Artes gráficas INDUSTRIA
Familia 5 Artesanías y manualidades
Familia 6 Computación e informática
Familia 7 Comunicación, imagen y sonido SERVICIOS
Familia 8 Construcción INDUSTRIA
Familia 9 Cuero y calzado
Familia 10 Electricidad y electrónica
Familia 11 Estética personal SERVICIOS
Familia 12 Hostelería y turismo
Familia 13 Industrias alimentarias INDUSTRIA
Familia 14 Mecánica y metales
Familia 15 Mecánica y motores
Familia 16 Minería MINERÍA
Familia 17 Química INDUSTRIA
Familia 18 Textil y confección INDUSTRIA
  • Educación Universitaria

A educação universitária inicia-se no Perú com a construção da “Universidad Mayor de San Marcos”, por Don Carlos V, o 12 de maio de 1551, a mesma foi inaugurada na “Sala Capitular del Convento de Santo Domingo (1553)”.

No ano de 1571 ganha a aprovação pontifícia, e no ano de 1574 recebe o nome de Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Do total de 92 faculdades, somente 36 são do estado (públicas) enquanto o resto são privadas.

Segundo um inquérito pela “Asamblea Nacional de Rectores” (ANR) no ano de 2006, ao redor de 597.730 estudantes estavam inscritos nas faculdades peruanas. Deste total, 290.516 (48,6%) estudavam em faculdades públicas e 307.243 (51,4%) em privadas, lembrando que as públicas são de graça e as privadas pagas.

Imagem relacionada
Vista da praça da Universidad Nacional Mayor de San Marcos

O Peru lamentavelmente encontra-se no último lugar na classificação do  “Programa para la Evaluación Internacional de Alumnos (PISA)” baseando-se nos conhecimentos de estudantes de 15 anos em 65 países. Neste teste temos provas de matemáticas, línguas e ciências feitas a mais de 510 milhões de estudantes, mostrando que o Peru esta no lugar 65, tendo 368, 384 e 373 pontos em cada matéria respectivamente.

A qualidade educativa é um objetivo do estado peruano, por isto, criou-se o SINEACE, que são um conjunto de normas e procedimentos estruturados e integrados funcionalmente, destinados a definir e estabelecer critérios, estandartes e processos de avaliação, certificação na república do Peru. Sineace tem como fim de fortalecer os níveis básicos de qualidade que devem brindar as instituições às que refere-se a Ley General de Educación N. 28044.

A educação rural no Peru se desenvolve em umas condições muito difíceis, durante o 2013 a “Defensoría del Pueblo” visitou mais de 400 escolas rurais e encontrou muitos obstáculos que impedem que as crianças consigam ter uma educação de qualidade.

Resultado de imagem para universidad de cajamarca
Monumento na Universidad Nacional de Cajamarca

Existem umas 4000 instituições educativas, das quais 70% estão em zonas rurais. Nestas últimas, temos déficit nos professores e péssima infra-estrutura. No estado de Arequipa onde se teve o maior abandono de escolas rurais, foi por causa de dinheiro, segundo o Gerente de Educação desse estado.

É uma pena sinceramente saber que um país cheio de cultura e tão bonito, não se encontre muito bem em sentidos educativos, lógico que isto não se aplica ao país inteiro, mas sim à grande maioria dos peruanos. E se vocês se perguntarem amigos, será que é igual que na secundária? Aquele negócio da farda, roupa e responsabilidades, a resposta é sim e não, kkkk como assim? Pois você pode ir com a roupa que desejar e chegar tarde (nem sempre), já que têm alguns professores que não ligam muito a isso, porém, temos os que realmente gostam de você estar lá uns 10 min antes de começar a aula, não atrapalhar com som de celular e ser responsável em tudo, indo sempre com tênis e não de chinelo, e com certeza seja quem for e seja o estado onde for o professor sempre vai ser respeitado.

Bom amigos comigo será até a próxima, não se esqueçam de nos escrever nas redes sociais, e qualquer pergunta já sabem que estou por aqui, um grande abraço a todos e hasta la próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s