E ai, bora viajar pra o Uruguai nessas férias?

Os posts desse mês serão sobre cidades uruguaias e eu vou te confessar, viu? É uma melhor que a outra! Segura esse próximo destino com o QTAE: Montevideo, a capital do país!

Desde 2005 a cidade uruguaia ocupa o posto de 1º lugar no ranking de qualidade de vida, na América Latina, divulgado anualmente pela consultoria Mercer. E isso é refletido diretamente em sua população tranquila que gosta de desfilar pelas ruas com o seu mate e uma garrafa térmica embaixo do braço. Com quase 1,5 milhão de habitantes Montevideo está longe de ser uma São Paulo da vida.

E como chegar nessa capital com cara de interior?

Saindo aqui do Brasil você pode optar por ir de avião. Os principais voos saem de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba, geralmente operados pela GOL e LATAM. Mas caso esteja pelo Sul do país você poderá optar por ir de ônibus também. As passagens aéreas no período de outubro/2018 a março/2019 oscilam entre R$447,00 e R$4.068,00.

Na hora de escolher a hospedagem, considere – sempre – o seu objetivo de viagem. Apesar de Montevideo ser uma cidade com cara de interior, e não muito grande, a escolha do bairro em que você vai ficar é importante, principalmente se você pretende ficar pouco tempo na cidade. Algumas opções são os bairros Centro, Ciudad Vieja, Pocitos e Punta Carretas.

E o que fazer por lá?

Não é só a diferença geográfica que afasta Montevideo de Buenos Aires. Quem já visitou essas cidades sabem que elas possuem ritmos, enquanto a capital do país vizinho é bem agitada, a capital uruguaia tem um ritmo próprio, que exige mais contemplação do que correria. Ou seja, prato cheio para quem curte fazer uma viagem mais tranquila, para descansar da correria do dia a dia, mas também é ideal para quem faz viagens curtas e rápidas, pois, dá para conhecer os principais pontos em um final de semana.

Pra conhecer a cidade e se sentir um morador local inicie o passeio pela Avenida 18 de Julio, a principal via da cidade e onde se encontra o comércio mais importante. Ao longo da avenida você vai se deparar com edifícios antigos de uma beleza ímpar, centenas de lojinhas e, claro, toda a simpatia e recepção calorosa do povo uruguaio.

Ainda caminhando pela Avenida 18 de Julio você vai encontrar a Fuente de Los Candados, conhecida entre os casais que visitam a cidade. Reza a lenda que o casal que prender um cadeado com suas iniciais nas grades da fonte retornará para visitar e viverá junto por muito tempo. Arrasta o teu boyzinho ou tua boyzinha pra lá e eterniza esse amor!

Resultado de imagem para fuente de los candados em montevidéu
Fuente de los candados, Montevideo, Uruguay. Fonte: VIX

Já ao final da avenida você vai ver a Plaza Independencia, um dos cartões postais de Montevideo. É lá que está a estátua de José Artigas, em seu centro. O prédio diferentão que vocês veem na foto abaixo é o Palacio Salvo, o maior edifício da América Latina na época de sua inauguração, em 1928. Aproveitando que você estará pelo centro vale a pena dar uma passada no Teatro Solís, inaugurado em 1856. Pra conhecer o teatro você pode optar pelo passeio guiado, segundo Ana Cecília (que visitou a cidade em 2016) vale super a pena.

Imagem relacionada
Plaza Independencia, Montevideo, Uruguay. Fonte: Shutterstock
Resultado de imagem para Teatro Solís em montevidéu
Teatro Solís, Montevideo, Uruguay. Fonte: Wikipedia

Cruzando a Plaza Independencia, no inicio do bairro de Ciudad Vieja você vai ver chamada Puerta de La Ciudadela, um dos poucos elementos que sobraram da muralha que rodeava a parte mais antiga da cidade, quase totalmente destruída em 1829.

Imagem relacionada
Puerta de La Ciudadela, Montevideo, Uruguay. Fonte: Flickr

Aproveitando que você estará pelo bairro vá passear pela Peatonal Sarandí, rua fechada para carros onde se concentra uma boa quantidade de prédios antigos prontos para serem admirados pelos viajantes. Por lá também fica o Museo Torres García, onde são exibidas as obras do artista homônimo, além de contar com exposições temporárias de outros grandes nomes da arte.

Para os amantes de futebol vale a pena visitar o Estadio Centenario, localizado no bairro Parque Batlle, casa da seleção uruguaia. Em agosto Luis Henrique, que visitou o local, fez um post aqui no blog contando um pouco da história e da experiência de visitar o estádio de futebol. Dá uma conferida lá!

Outra dica dada por Ana Cecília foi o El Milongon, um restaurante que proporciona aos clientes uma imersão na cultura através da realização de shows que mostram o folclore local. Segundo ela é um lugar “massa pra conhecer as danças e músicas típicas de la“.

E por falar nisso não dá pra ir lá e não fazer uma visitinha ao Mercado del Puerto, um dos principais pontos turístico da cidade. Também não poderia ser diferente, é lá que está a autêntica parrillada uruguaia, um prato local que se assemelha ao famoso churrasco brasileiro com a diferença de ser feito por vários cortes de carne misturados e alguns soarem um pouco exóticos ao nosso paladar, como por exemplo riñones (rins), molleja (glândulas salivares do boi), morcilla (linguiça feita de sangue) e chinchulines (intestinos).

Imagem relacionada
Mercado del Puerto, Montevideo, Uruguay. Fonte: Telam
Imagem relacionada
Preparação da parrillada uruguaia no Mercado del Puerto, Montevideo, Uruguay. Fonte: Bitacoras de Viaje

Saindo do mercado, de barriga cheia, o ideal é seguir o passeio pela Rambla, à beira do Rio da Prata, onde os uruguaios costumam fazer passeios pelo calçadão aos finais de semana com seu velho mate e a térmica sob o braço. As praias de lá são formadas com água de rio, mas quebram um galho legal principalmente no verão. No entorno tem ainda o Parque Rodó que foi criado inicialmente para as crianças da cidade, mas hoje é, dividido em dois parques. Um deles para os pequenos e o outro para os adultos. Há um lago com pedalinhos, um castelo que abriga uma biblioteca infantil e também o Museo de Artes Visuais.

Imagem relacionada
Rambla, Montevideo, Uruguay. Fonte: Activo – Uruguay

E a noitada de Montevideo, onde fica? Pocitos e Buceo são os principais pontos de encontro da vida noturna da cidade. São muitos bares, restaurantes e “bolichos” (as baladas) na região. Em Buceo, a dica é caminhar pela Avenida Luis Alberto de Herrera onde há vários bares para comer e tomar alguma coisa. Próximo ao Shopping Punta Carretas está também o Bar Tabaré, perfeito para quem busca uma noite mais descolada na capital uruguaia.

Agora a dica de ouronão vá se arriscar num lugar incrível como esses mandando um portunhol. Nós temos cursos voltados para viagens. Basta preencher nosso formulário aqui e a equipe do Que Tal vai entrar em contato agendando uma aula experimental.

Gostou? Deixa um comentário, é importante pra gente!

Até a próxima.

* Esse post foi feito em colaboração com Ana Cecília Malta, um passarinho viajante.


≈ Série Argentina ≈

≈ Série Chile ≈

≈ Série Colômbia ≈

≈ Série Peru 

≈ Segue nossas redes sociais: FacebookTwitterInstagramYoutube ≈

4 comentários em “#QueTalViajar: Montevideo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s