Que lindo é acordar e tomar um bom cafezinho quente sem açúcar….

Buenos días mis queridos amigos e amigas do #QuetalIdiomas, espero e estejam muito bem onde seja que estejam (vig chega pareceu trava-língua), hoje chego até vocês lhes trazendo um novo material sobre a nossa história das culturas pré-incaicas, e quem será o dia de hoje? Pois nossa linda cultura Wari ou Huari como alguns pesquisadores a chamam, então peguem seus óculos, um lanchinho ou cafezinho para lerem este grandioso texto, e então… vamos lá!

La Cultura Wari ou Huari (600 d.C-1200 d.C)

Resultado de imagem para la cultura wari

A cultura Wari ou Huari foi uma civilização andina que apareceu aproximadamente nos séculos VII e XIII d.C, nas terras que atualmente hoje são os estados de Lambayeque, Moquegua e parta de Cusco. Era uma cultura eminentemente militar e religiosa. Atualmente ainda se tem estruturas arqueológicas desta cidade, é a mais importante de todas pois foi um império que abrangeu boa parte da costa e serra do Perú.

Só para lembrarem… a gente viu várias culturas antes de Wari, certo? Lembram que todas elas sucumbiram por diferentes fatores, o mais importante foram os câmbios climáticos, o frio primordialmente, pois é, porém, dentro desta população nem todo mundo morreu, lógico que tinham os mais fortes e talz, que conseguiram sobreviver, com tudo isto, estas pessoas se unificaram e formaram Wari, a unificação desta fez um processo de centralização e expansão, considerado como uma cultura pan-peruana, para outros o “Primeiro Império Andino” ou “Império Wari’.

  • Expansão e localização:

Wari foi um império que teve como capital a cidade de Viñaque ou Wari, perto de Ayacucho. Durante este tempo, esta cultura dominou Lambayeque, Cajamarca e Piura pelo norte, Cusco e Moquegua pelo sul.

Resultado de imagem para la cultura wari localizacion
Localização da cultura Wari
  • Economia dos Wari:

A economia, como em todas as culturas andinas, era a agricultura e os gados, porém também se desenvolveram muito na venda de coisas artesanais, que era mais que tudo na capital e em alguns outros centros ao redor desta. O comercio foi uma economia muito poderosa dos Wari, porém, também realizavam saqueios, domínio e absorção de povos vizinhos, como assim? Pois eles abraçavam outras culturas, para assim, todas se juntarem em uma só.

Resultado de imagem para economia wari
Economia dos Wari, lembrando também que eles usavam muito o comercio

Os Wari desenvolveram uma economia política complexa, pela qual controlou monopólicamente o abastecimento, a produção e distribuição de recursos essenciais. Assim, a formação de colônias, redes de intercambio de bens a longa distância, manejo de propriedades estatais, tributação, manufatura de bens que consomem internamente e se exportavam fora do núcleo central, são só algumas características da economia nacional e internacional de Huari.

  • Organização Social dos Wari:

A base desta foi teocrática, que logo mudou para militarista, para conseguir um controle de um território tão grande, como foi a cultura Wari. Em cada região, fundou-se uma cidade Wari (ou chamados como “cabezas de región”) que servia de controle político-administrativo, como Pikillaqta no Cusco, Jincamoco, Waywaka ao sul, Wari-Willka no centro, assim como Hatun Huaylas e Calpish em Ancash, como Wiracochapampa ao norte e Pachacamac em Lima. Além disso, contaram com um exército forte e com uma rede de caminhos muito eficazes, e com isto, pode ser que os caminhos dos incas em realidade foram construídos ainda na época dos Wari.

Resultado de imagem para organización social de los wari
Organização social, lembrando que os guerreiros também tinham um aporte grande
  • Urbanismo dos Wari:

Caracterizou a Wari a planificação urbana do mundo andino, desenvolveram e perfeiçoaram a cidade criada pelos nazcas. Numa etapa em que os homens estavam acostumados a viver do campo, os Wari construíram a capital e outras cidades ao estilo Wari. A cidade Wari, foi a capital, que era o centro cultural, econômico, sede do poder religioso, civil e militar. Hoje em dia a encontramos quase destruída e enterrada, e mesmo assim observamos que ocupava uma extensão de 2,000 hectares, cidade imensa para seu tempo, onde se havia previsto a distribuição de água e se dividiu a cidade em bairros e setores, cada um deles com sua função específica, assim temos os Cheqowasi, Monqachayuq, Capillayuq, Vegachayuq Moqo, Moraduchayuq, etc. A cidade tinha não menos de 50 mil habitantes e cumpria funções básicas do tipo econômico, social, político, religioso e cultural.

Resultado de imagem para urbanismo wari
Parte interna da Cidade de Wari
  • Religião dos Wari:

Adoptaram e renderam culto ao deus Wiracocha (sim aquele dos Tiahuanaco), porém o mais importante é o que eles difundiram ao resto dos povos conquistados, pois o reproduziam nos seus tecidos e cerâmicas.

Os Wari não tiveram também grandes centros cerimoniais ou oráculos que existiram antes, como o de Chavin ou Tiahuanaco. A construção de templos não foi uma característica dos Wari. O estado Wari não era muito religioso na sua natureza.

Resultado de imagem para religion wari
Representação do deus Wiracocha num copo Wari
  • Cerâmica dos Wari:

Foi variado, policroma, com decoração especial com fases, estilos que se denominam Chaquipampa, Pacheco, Qonchopata. Cerâmica de alto nível estético e de qualidade, pela influência dos Nazca. Observamos bons trabalhos em argila, onde mostravam suas raízes religiosas (Wiracocha) predominando a cor laranja.

Resultado de imagem para ceramica wari
Cerâmica
  • Arquitetura dos Wari:

Foi complexa e refinada, utilizaram a pedra talhada, a pedra junta ao barro e em alguns lugares especiais as paredes eram pintadas de vermelho, branco e roxo. Construíram ruas, palácios, templos, casas, cemitérios e um sistema de distribuição de água e esgoto. Algumas cidades Wari de importância, como a capital provincial de Piquillacta, perto de Cusco, tiveram muralhas altas de até 12 metros de altura, com edificações geométricas e uma superfície total de quase dois quilômetros quadrados. Se estima que no seu momento de maior auge, a cidade capital de Wari tinha entre 10 a 21 mil habitantes.

Resultado de imagem para arquitectura wari
Túmulo no cemitério dos Wari
  • Arte têxtil dos Wari:

Foi de alta qualidade e se produziu um desenho similar aos dos Tiahuanaco, com pumas, condores, cabeças, seres mitológicos. Sua técnica foi avançada e as poucas encontradas mostram um tecido muito fino. Usavam como matéria prima o algodão, a lã de alpaca e vicunha, e fabricavam com eles vestimentas coloridas que serviam tanto para o uso cotidiano como para ritos religiosos e atos cerimoniais.

Sua verdadeira especialidade foi a confecção de tapetes, nos quais predominavam as cores vermelhas, azuis brilhantes, amarelos, dourados e brancos.

Imagem relacionada
Tapete Wari
  • Fim dos Wari:

Foram presentes muitas hipóteses sobre o fim dos Wari, nas quais temos:

  • Pela invasão de outra cultura “Chancas”
  • Por um cataclismo que pode ter sido um terremoto
  • Por uma epidemia que fez a população fugir
  • Por uma série de mudanças climáticas (que pelo visto sempre atinge todas as culturas andinas), que trouxe o deserto nas terras, falta de produção e crises.
  • Pela invasão de outros povos, entre eles Yaros ou Yacuaces, que vieram desde a região central, encontrando já em Wari uma cultura em decadência pelas contradições internas e externas deste, tendo problemas económicos.
  • Resultado de imagem para fin de los wari
    Descrição deste copo cerimonial

Só para saberem, Wari serviu de modelo para a formação da sociedade Inca, aliás, estes últimos tiveram muitos aportes deste império como os quipus (falaremos no texto dos Incas), sistemas de armazenamento, redistribuição e uso de andenes.

Com tudo isto, já já chegamos no grandioso império incaico meus amigos, assim vocês irão saber agora como foi que surgiram os incas, pois estes não apareceram do nada, e sim, tiveram grandes aportes de outras culturas, as incríveis culturas pré-incaicas.

Bom comigo é tudo por hoje, tomara e tenham gostado do texto, lembrem de curtir a gente em Facebook, Instagram, Twiter, Youtube,  comigo será até outra oportunidade, um grande abraço e xerinho no cangote para as boyzinhas hahahaha.

Link de vídeo informativo sobre os Wari:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s