Claramente cada vez mais difícil de encontrar formas de começar os posts, mas “bear with me” (tu dum tass).

No post anterior eu trouxe algumas das tretas entre os famosos que acabaram sendo eternizadas nas letras de suas músicas. A minha inspiração original foram as cantoras Katy Perry e Taylor Swift, que estão seguindo firme e forte com a reconciliação, de acordo com as fotos fofocalísticas.

Mas as questões (tretas) da Taylor Swift foram tantas que em um post só não foi possível colocar todos os casos. Então fui forçada a dedicar mais um texto às tretas de famosos (realmente não queria).

Dizem as más línguas que a Taylor troca de namorado como quem troca de roupa, eu só posso dizer uma coisa, mas assim… ela é linda, rica e talentosa… meu bem na situação dela quem nunca né? Mas os fatos são que a cantora usou muitos de seus relacionamentos como inspiração para compor suas músicas, o que é bem comum entre compositores, vamos deixar bem claro isso.

O que eu não entendo é por que crucificam tanto a pobre coitada por conta disso. Mas continuando…

Segue a lista de tretas entre Taylor Swift e basicamente todos os seus namorados:

1- Taylor Lautner (2009)

Treta: Eu não sei nem se isso pode ser considerado treta, pois aparentemente esta acabou sendo uma situação muito bem resolvida entre os dois artistas. O que aconteceu foi que os dois fizeram par romântico no filme “Valentine’s day” e acabaram levando o romance para a vida real, isso durou por uns quatro meses entre Agosto e Dezembro de 2009.

Evidências: Dizem que a música “Back to December” de Swift foi inteiramente uma confissão do que ela sentiu após o término do relacionamento com o Lautner. Vamos a alguns trechos:

Because the last time you saw me
Is still burned in the back of your mind
You gave me roses and I left them there to die

Porque na última vez que você me viu
Ainda está queimando no fundo da sua mente
Você me deu rosas e eu as deixa lá para morrer

Por este trecho, percebe-se que o término foi unilateral e que talvez Taylor Lautner nem esperasse que isso fosse acontecer.

So this is me swallowing my pride
Standing in front of you saying I’m sorry for that night
And I go back to December all the time
It turns out freedom ain’t nothing but missing you

Então esta sou eu engolindo meu orgulho
Em pé em sua frente pedindo desculpas pela aquela noite
E eu volto atrás para dezembro o tempo todo
Acontece que a liberdade não é nada além de sentir saudades de você

Já nesta parte, a cantora pede desculpas, uma atitude que parece ser rara de ser gravada em suas canções. Será que bateu um arrependimento?

I miss your tan skin, your sweet smile, so good to me, so right
And how you held me in your arms that September night

Sinto falta da sua pele bronzeada, seu sorriso doce, tão bom para mim, tão certo
E como você me segurou em seus braços naquela noite de setembro

E para quem não achou que isso foi uma referência clara, segue uma imagem:

#saudadesSharkBoy

Resultado: em uma entrevista alguns anos depois o próprio Taylor Lautner chegou a afirmar que a música era sim para ele. Mas aparentemente essa história são águas passadas e cada um seguiu com suas vidas e projetos.

2- John Mayer

Treta: O segundo da lista é o experiente músico John Mayer, que inclusive já namorou a Katy Perry, Hollywood é basicamente uma grande agência de speed dating (lamento o comentário, sqn). O romance com Mayer se passou entre dezembro de 2009 e fevereiro de 2010, e por favor me digam que não fui a única que percebeu uma proximidade de datas com o primeiro desta lista…

Evidências: Eis que Taylor canta em um de seus shows a música “Dear John” após o término do relacionamento dos dois. E assim, só não entendeu que a letra era direcionada para o outro artista quem não quis, porque o título literalmente foi batizada em homenagem ao rapaz.

My mother accused me of losing my mind,
But I swore I was fine, you paint me a blue sky
And go back and turn it to rain
And I lived in your chess game,
But you changed the rules every day
Wondering which version of you I might get on the phone
Tonight, well I stopped picking up, and this song is to let you know why

Minha mãe me acusou de estar ficando louca,
Mas jurei que estava bem, você pinta um céu azul
Eu volto e transformo-o em chuva
E eu vive no seu jogo de xadrez
Me perguntando qual versão de você eu poderia encontrar no telefone
Esta noite, bem eu parei de responder, e esta música é para te dizer o por quê

O que se entende é que Taylor esperava ser tratada de uma forma diferente, muitos dizem que a mãe da cantora não aceitava o relacionamento (evidenciado na música) por conta da diferença da idade entre os dois, a cantora tinha 19 anos na época (mães são vozes da razão?).

Dear John, I see it all, now it was wrong
Don’t you think nineteen is too young
To be played by your dark twisted games, when I loved you so?

Querido John, eu vejo tudo agora, tudo foi errado
Você não acha que 19 é muito nova
Para ser jogada por seu jogos sombrios e desequilibrados, quando eu te amei tanto?

O resto da letra também evidencia o quão complicado foi a relação…

Resultado: como John Mayer não é de ficar calado dentro das situações, ele foi lá e respondeu da forma que mais sabia fazer lançando músicas. Eis que surge “Paper Doll”, que falaria sobre uma bonequinha de papel.

You’re like twenty-two girls in one
And none of them know what they’re runnin’ from

E você é como 22 garotas em uma
E nenhuma delas sabe do que elas estão fugindo

Acho que ele também não deixou a situação sem troco né?

Fold a scarf, Moroccan red
And tie your hair behind your head

Dobre um cachecol, vermelho marroquino
E prenda seu cabelo atrás da cabeça

COUGH COUGH. 1 segundo para parar minha crise de tosse… Credit: WENN

Cut the cord and pull some strings
And make yourself some angel wings
And if those angel wings don’t fly
Someone’s gonna paint you another sky

Corte os fios e puxe algumas cordas
E prepare para você mesma algumas asas de anjo
E se essas asas não voarem
Alguém vai te pintar um outro céu

Ele não só brincou com a imagem de boa moça da cantora como fez referência direta a letra da música que ela havia lançado, quem foi que primeiro falou em pintar um céu para a pessoa amada?

Mais uma vez, aparentemente, acabou tudo por ai. Se eles soltaram mais alguma farpa foge do meu conhecimento. Agora, NEXT!

3- Jake Gyllenhall

Treta: depois do leve peso que foi o relacionamento anterior, em outubro de 2010 até janeiro de 2011 foi a vez do namoro com o ator Jake Gyllenhall.

Fofos né? (Ao ponto que chegamos já podemos dizer que dona Taylor está de parabéns porque só pega macho lindo!)

Em uma entrevista Taylor chegou a dizer que a letra da música era voltada para uma experiência que teve com um cara um tanto quanto não confiável, que ela não podia contar com quando ele iria embora nem com quando iria voltar, mas que ele sempre voltava. Diz-se que o ator chegou a fretar um avião para que a amada pudesse encontrá-lo em um final de semana romântico, enquanto ele gravava cenas para seus filmes. Claramente um homem ocupado, né gente? Mas se faz tempo pra tudo!

Evidências: (fora a imagem anterior…)

This is the last time I’m asking you this,
Put my name at the top of your list,
This is the last time I’m asking you why,
You break my heart in the blink of an eye, eye, eye

Esta é a última vez que te peço isso,
Coloque meu nome no topo da sua lista,
Esta é a última vez que te pergunto por que,
Você corta meu coração com um piscar de olhos, olhos, olhos

As más línguas dizem que Jake tinha uma variedade bem grande de opções para se entreter entre uma gravação e outra (se vocês entendem), então o pedido de colocar o nome da cantora no topo da lista se justificaria. A segunda música que representaria um momento do casal é a “All Too Well”.

Esta música está repleta de momentos em família, e durante o Thanksgiving (Dia de Ação de Graças), eles foram fotografados passando um tempo com a família de Jake, inclusive Taylor passou um tempo com a irmã dele.

Left my scarf there at your sister’s house,
And you still got it in your drawer even now.

Deixei meu cachecol na casa da sua irmã,
E você ainda o tem na sua gaveta, mesmo agora

Mas gente, sempre tem que ter um cachecol na história né?

And your mother’s telling stories about you on a tee ball team
You tell me ‘bout your past, thinking your future was me.

E na casa da sua mãe, contando histórias sobre você em um time de baseball
Você me conta sobre o seu passado, pensando que eu era o seu futuro.

Ver fotos da infância do namorado na casa dos pais dele é algo bem importante no relacionamento, para ela pelo menos.

Resultado: Eles realmente acabaram o namoro, por motivos que ninguém sabe, mas pelo que se entende foi o ator quem preferiu acabar e isso deixou a cantora um tanto quanto abalada.

-FIM-

Mentira, não é o fim não, mas no próximo post a gente acaba. Eu não acredito que a gente ouve essas músicas e não tem noção de que elas foram escritas para alguém em específico!

See you next time :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s