¡Hola, chicxs!

Como vocês tem passado? Espero que bem, pois por aqui o bonde não para e já vamos conhecer mais uma cidade colombiana.

Você conhece a Cartagena das Índias? Talvez soe mais familiar se chamarmos apenas de Cartagena. A quinta maior cidade da Colômbia e sua região metropolitana é a quinta maior concentração urbana da Colômbia. Por muito tempo a cidade foi considerada o único destino turístico colombiano no radar dos brasileiros. Mas com a ascensão de San Andrés e Medellín, a redescoberta de uma vibrante Bogotá, Cartagena acabou perdendo um pouco da sua exclusividade.

Para entender todo esse favoritismo conquistado por Cartagena é fácil: a cidade é um misto de tour cultural, belíssimas praias e noites efervescentes, assim se tornou ótima opção para todos os tipos de viajantes. Agora você já consegue imaginar porquê durante tanto tempo ela foi considerada o único destino turístico de toda Colômbia, essa diversidade de atrações atrai diferentes perfis, permitindo que cada viajante adeque a sua viagem para os passeios e atividades que mais lhe interessam.

Mas, Joyce, como eu chego lá?

Calma que tia Joyce ajuda vocês! O modo mais fácil de chegar à cidade é por avião. Infelizmente não há nenhum voo direto para Cartagena, mas é possível chegar à cidade fazendo uma conexão em Bogotá ou Panamá (o que pode ser positivo, principalmente se você tiver interesse em conhecer algum desses lugares). As companhias aéreas disponibilizam voos saindo dos principais aeroportos brasileiros, com foco maior nos aeroportos de São Paulo e Rio de Janeiro, com a média de preço a partir de R$ 2.718 ida e volta.

A Google disponibiliza uma ferramenta excelente para quem quer procurar passagens aéreas mais baratas ou ainda acompanhar a variação de preço das passagens. Ela chama Google Flights, acho que vale a pena dar uma conferida pelo tanto de opções disponíveis para você pesquisar.

Agora, já na cidade, a melhor opção de se chegar ao centro – 15 km do aeroporto – são os táxis: que não possuem taxímetro, então apele pra negociação. Também é possível pegar um ônibus, mas a economia não compensa o desconforto de entrar com suas malas na linha circular. Também é possível chegar a Cartagena num navio. Os cruzeiros são opções mais caras, mas podem valer a pena para aqueles que procuram descansar e usufruir de boa infraestrutura.

Uma vez na cidade as melhores opções de bairros para buscar hospedagem são: Cidade amuralhada, opção mais indicada para os viajantes que planejam viver o clima histórico da cidade; Centro,  indicado se você quiser ficar mais próximo aos pontos turísticos e quiser ter mais liberdade para fazer tudo a pé; e Getsemani, para aqueles viajantes que gostam de hospedagens mais luxuosas.

Coloque um sapato confortável, pois vamos conhecer as atrações da cidade!

A cidade recebe visitantes durante o ano todo e promete contemplar todos que a visitam com altas temperaturas. Isso é extremamente desejável quando você pretende aproveitar ao máximo as praias, mas pode ser não ser muito agradável para quem visita os pontos históricos e não está lá tão acostumado com o clima quente e seco. Vá bem preparado, ok?

Agora sim, um dos principais atrativos por lá é o centro histórico, também chamado de Cidade Amuralhada (hoje considerado Patrimônio Mundial pela Unesco),  considerado o coração da região. Vale a pena fazer um city tour por lá para mergulhar de cabeça na história rica de Cartagena. Você pode optar pelo famoso ônibus turístico, pelo passeio de chiva ou, ainda, pelo passeio de charrete, em todos você vai visitar os principais pontos turísticos da cidade, como o Palácio da Inquisição, a Torre do Relógio, etc.

Resultado de imagem para cidade amuralhada cartagena
Vista aérea da Cidade Amuralhada. Foto por: Dani e Rafa por aí
Resultado de imagem para Palácio da Inquisição cartagena
Palácio da Inquisição. Foto por: Planejando Viagens
Imagem relacionada
Torre do Relógio. Foto por: cccartagena.com

Ainda na Cidade Amuralhada, você pode andar despretensiosamente pelas ruas cheias de lojinhas, bares e restaurantes. É neste centro histórico que estão as casas coloniais e as sacadas decoradas, verdadeiros cartões postais de Cartagena. Aproveite para terminar a tarde no Café del Mar, um bar conhecido por ter uma das melhores vistas de pôr do sol da Cidade Amuralhada.

Resultado de imagem para Café del Mar cartagena
Pôr do sol no Café del Mar, Cartagena. Foto por: TripAdvisor

Se despeça do centro histórico e vá caminhando cerca de 20 minutos até o Castelo de San Felipe de Barajas. Construído em 1657 pelos espanhóis, é a edificação mais imponente feita por eles com o intuito de proteger uma das suas colônias de invasões. Cheio de corredores, passagens e pequenas portas, é um passeio muito interessante, mas prepare os pulmões para subir até lá em cima. Se você tiver mobilidade reduzida, ou não tiver um condicionamento físico muito bom, pode enfrentar dificuldades para completar o passeio, por isso você deve se certificar que vai conseguir antes de iniciar a subida.

Castelo de San Felipe de Barajas, Cargena.

Outro ponto turístico interessante para você conhecer é o Convento Santa Cruz de La Popa, cheio de história e com uma bela vista da cidade (quando eu digo bela, eu digo BELA VISTA). O local está situado no ponto mais alto da cidade e é ocupado pelos agostinhos, que em períodos de guerra foram retirados do lugar para que o convento fosse utilizado para fins militares. O lugar tem também um acervo interessante de obras religiosas.

Convento Santa Cruz de La Popa, Cartagena.

Cansou de terra? Vamos pra água então! O Arquipélago do Rosário é o lugar ideal para ver as águas verdinhas de Cartagena, dá para chegar lá pegando um barco no centro. O lugar, que possui 30 ilhas, é de tirar o fôlego e garante ao turista uma experiência totalmente diferente das praias urbanas da cidade. Quase sempre desertas, as ilhas são o passeio ideal para quem quer ter um contato mais direto com a natureza. Na Isla do Rosário tem ainda o Oceanário, um aquário ao mar aberto.

Você também deve conhecer a Playa Blanca, conhecida por ter as águas mais clarinhas da cidade, ela está situada na Isla Baru. É o destino que mais se assemelha às praias caribenhas. Diferente das ilhas no arquipélago por lá você vai ver muitos turistas e vendedores nas areias. Mas não se deixe abalar por isso, garanto que será um passeio imperdível, seja por conta da beleza do lugar, pela temperatura das águas ou pelo contato com a população local.

Siga-me os bons, pois vamos falar da noitada colombiana em Cartagena!

Vamos começar falando de contraste: quando o sol se põe, a cidade se transforma em um lugar ainda mais romântico, com suas ruas pouco iluminadas, mas também abre um enorme leque de possibilidades para os solteiros. A cidade é um dos destinos preferidos dos casais, mas também já foi listada como um dos 30 lugares do mundo mais indicados para quem está desacompanhado.

Basta caminhar pelas ruas e praças da cidade para perceber que a vida noturna de Cartagena é animada. No bairro de Bocagrande estão os cassinos, enquanto no Centro você encontra muitos bares e restaurantes bacanas. Agora, para conhecer a música local e jantar ao mesmo tempo, vá ao La Vitrola, uma das mais famosas opções da noite, que requer reserva – garantia de comida de qualidade e show animado.

Em Getsemani, bairro dos hostels, os mais jovens podem encontrar uma grande quantidade de night clubs. Destaque para a Calle del Arsenal, que fica movimentada até altas horas da madrugada.

Para dançar, a dica é o Café Havana, que toca salsa toda semana; para curtir um barzinho ao ar livre, não perca o Donde Fidel, com suas cadeirinhas e mesas a céu aberto com vista para a Torre do Relógio. Se salsa não é o seu forte, experimente visitar o Hard Rock Café, rede com shows de rock que está em todo o mundo.

Quando o assunto é comida local nós levamos muito a sério, pois eu como grande entusiasta da comida sei o quão é importante comer bem durante as viagens, então vamos lá. O café da manhã varia entre R$12,45 a R$19,50; o almoço entre R$16,15 e R$30,00; já no jantar você deve gastar de R$22,30 a R$45,00. Tudo depende do que você está buscando comer e do lugar onde vai.

Assim como você encontra uma boa diversidade de atrações pela cidade, vai encontrar também nos restaurantes. A proximidade com o mar permite encontrar facilmente no cardápio dos restaurantes pratos leves como peixes, camarões e lagostas, que ainda têm a vantagem de serem servidos frescos.

Os pratos principais normalmente vêm acompanhados de arroz de coco e patacón, uma espécie de bolinho de banana frito e achatado. Para beber, aposte em um dos diversos sabores de frutas locais, incluindo o corozo, ou na limonada de coco, que faz sucesso no litoral colombiano.

Agora a dica de ouro: não vá se arriscar num lugar incrível como esses mandando um portunhol. Nós temos cursos voltados para viagens. Basta preencher nosso formulário aqui e a equipe do Que Tal vai entrar em contato agendando uma aula experimental.

Gostou? Deixa um comentário, é importante pra gente!

Até a próxima.


≈ Série Argentina ≈

≈ Série Chile ≈

≈ Nossas redes sociais: FacebookTwitterInstagram, Youtube ≈

Um comentário em “#QueTalViajar: Cartagena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s